Rio revitaliza distritos industriais...

Governo do estado, por meio da Codin, aposta no crescimento das indústrias instaladas em solo fluminense e prepara o entorno para melhorar o escoamento da produção.


Distrito Industrial de Queimados recebe pavimentação, fruto de parceria com o DER - Fotos de Divulgação/Codin.


A Companhia Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin) deu início a revitalização dos Distritos Industriais fluminenses. O primeiro complexo a receber as intervenções, fruto de um convênio com a Fundação Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio (DER-RJ), é o de Queimados, localizado na Região Metropolitana do estado. A expectativa é que as melhorias gerem 2 mil novos empregos no distrito.


As primeiras intervenções na área dão conta da recuperação do pavimento asfáltico. "O governo do Estado do Rio de Janeiro está conseguindo cumprir a promessa de revitalizar os distritos industriais criados na década de 1970. A ação trará mais incentivo às empresas instaladas no território fluminense, além de qualificar a retomada da atividade industrial pós-pandemia", avalia Fábio Galvão, presidente da Codin.


Atualmente, o Distrito Industrial de Queimados conta com 30 empresas que constituem cerca de 1.500 empregos. Entre produtos e serviços gerados no local estão logística, armazém frigorífico, embalagens metálicas, cosméticos, construção civil e alimentos. De acordo com Galvão, a iniciativa beneficiará outros Distritos Industriais do estado.


"A execução dessas benfeitorias representa um fôlego renovado para esses complexos produtivos e, ao mesmo tempo, para a economia do Rio de Janeiro", comenta o presidente. Além da pavimentação, também estão previstas ações para recuperação da rede de drenagem, saneamento, iluminação e sinalização das rodovias.


Cabe destacar que a Codin é responsável pela implantação e gestão de dez distritos industriais, totalizando uma área de aproximadamente 91,2 milhões de metros quadrados destinada ao desenvolvimento econômico do estado do Rio de Janeiro. Os distritos estão localizados nas seguintes áreas: Campo Grande, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Queimados, Macaé, Paciência, Palmares, Santa Cruz, Três Rios e São João da Barra.



Fábio Galvão, presidente da Codin- Divulgação


Investimento privado "Pretendemos ampliar as parcerias para a revitalização dos distritos com a participação de investidores privados em fundos de investimento destinados ao desenvolvimento industrial", conta o presidente da Codin, Fábio Galvão. "Desde o início da nossa gestão, defendemos que o estado atraia entes privados que queiram participar desses investimentos em infraestrutura, que são necessários para reaquecer a atividade industrial", explica.

Desta forma, segundo Galvão, haveria melhoria de competitividade do Rio de Janeiro, principalmente na indústria de transformação. "A estruturação de investimentos desse tipo é complexa, ela tem que agregar valor para o investidor, não só em termos de retorno, mas para garantir que a aplicação de recursos será gerida de forma idônea."

Fábio Galvão ressalta que o acordo de cooperação técnica e de obras entre a Codin e o DER visa revitalizar os distritos industriais criados na década de 1970 e que desde então não receberam melhorias.

Parceria estratégica Segundo o presidente da Codin, a parceria com o DER cria condições para o crescimento da participação da atividade industrial na economia fluminense, pois a recuperação da capacidade de investir em obras de infraestrutura é essencial para que o estado volte a dar incentivo ao desenvolvimento do setor, atraindo novas indústrias para o Rio de Janeiro. "A revitalização dos nossos distritos industriais foi viabilizada por meio dessa união de esforços com o DER. Nesse sentido, é uma união estratégica entre entes estatais", diz Galvão.

41 visualizações
 Copyright © Criado por Codin  - Todos os Direitos Reservados 

Telefone: +55  (21) 2334-1400

Siga-nos em nossas redes sociais