Reunião discute a recuperação do movimento portuário...


Nesta quarta-feira (21/07), o secretário de Governo Rodrigo Bacellar participou de reunião, ao lado do subsecretário Rafael Thompson, com a Federação do Transporte de Cargas do Estado do Rio de Janeiro (Fetranscarga) e representantes do Setor Portuário. Foram debatidas as demandas do setor, como o tema da logística portuária interna entre portos, além de ações para desburocratização do segmento. Segundo o secretário Rodrigo Bacellar, a meta é, com o conjunto de ações, gerar mais 30 mil empregos e R$ 200 milhões em arrecadação até o final de 2022, com a recuperação inicial de movimento Portuário na ordem de 45 mil contêineres/ano. A ação do Governo faz parte do programa Rio Importa + (Dec. 46781/19 e Lei 9025/20), que altera regras de tributação de produtos importados pelos portos e aeroportos do Estado. "A expectativa é transformar o Rio de Janeiro em um grande Hub Logístico, para atendimento às cargas de importação e exportação das regiões Sudeste e Centro-Oeste, principalmente", disse o secretário de Governo. Para o presidente da CODIN, a iniciativa consagra o Rio de Janeiro como porta de entrada do comércio exterior. "Essa iniciativa dará protagonismo ao nosso estado que em 2019, antes da pandemia, correspondeu a 12,3% das exportações brasileiras, o melhor desempenho desde 2013. Com a aceleração da vacinação e o reaquecimento das importações e exportações, a expectativa é retomar este patamar", ressalta. Participaram da reunião representantes da Fetranscarga, Sindicarga, Terminais Portuários e Abradisti.

52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo